Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sorriso de Gioconda

por Miguel Bastos, em 30.11.21

careca mao boca.jpg

- Peço desculpa, Saraiva, mas vou ter que sair - e saiu, em passo ligeiro.
- Alguém me sabe dizer o que é que passou, com o nosso careca de estimação?
- O Jorge está com um problema, - responde o Tavares - já é o segundo dente que lhe cai, este mês.
- E ele já foi ao médico?
- Já, mas ainda não descobriram o que é que se passa.
Entretanto, o Jorge regressou, com a mão à frente da boca.
- Ó Jorge, você está a ficar velho, pá!
- Não goze comigo, chefe.
- E já repararam na forma como sorri? Parece o sorriso da Gioconda!
- Não goze, que também já lhe caiu um dente.
- É verdade, mas eu ainda não tenho a mona lisa!

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Sérgio não está

por Miguel Bastos, em 09.09.21

rui sergio.jpg

Toca o telefone.
- Olá Isabel. Estou bem e tu?
- (...)
- O Sérgio? Ora, o Sérgio...
O Sérgio diz que não, com o indicador e com a cabeça.
- O Sérgio... não está.
- (...)
- Estou-te a dizer que ele não está.
O Sérgio faz sinais ao Rui para a despachar.
- A sério, Isabel, ele esteve aqui, mas já saiu há um bocado, não sei para onde.
- (...)
O Rui tapa o auscultador e murmura para o Sérgio "É por causa dos miúdos, este fim-de-semana".
O Sérgio volta a fazer sinal ao Rui, para a despachar.
- A sério que ele não está...
Murmura de novo: "Ela diz que é urgente".
O Sérgio grita, em surdina, e sopra na franja.
- Olha, o Sérgio diz que se está a borrifar.
- (...)
- Não, não foi isso que ele disse, mas rima. Eu estou a tentar ser bem-educado. Não me leves a mal, Isabel, gosto muito de ti, mas o Sérgio é meu chefe. Agora vou desligar, que vocês os dois dão cabo de mim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Trabalhar, mas é!

por Miguel Bastos, em 08.09.21

acosta TIAGO PETINGA Lusa.jpg

Entusiasmado pelo calor da campanha, António Costa resolveu criticar o desempenho dos autarcas do PCP, dizendo: "Nós estamos aqui para trabalhar. Nós não estamos aqui para reivindicar que os outros trabalhem, por conta de nós". Eu, que tenho muito respeito pelos trabalhadores por conta de outrem, estranhei o tom. Fez-me lembrar o "deixem-me trabalhar", exigido por um antecessor de Costa. Ele há tiques...

[Foto: Tiago Petinga / Lusa]

Autoria e outros dados (tags, etc)

César

por Miguel Bastos, em 23.07.21

mulher de cesar.jpg

 - Eh César, pá, estou espantado com a tua terra!
 - É uma terra boa, não é?
 - Boa, pá, muito boa. Olha esta tão boa!
 - Estás a falar de quê?
 - Das gajas, César, das gajas. Boas, pá! Olha outra, tão boa!
 - Não achas que já tens idade para ter juízo?
 - Tenho, pá, mas aqui é difícil. Olha aquela, a descer as escadas: boa!
 - Qual?
 - A de verde, pá, conheces?
 - Conheço. É a minha mulher.
O Tavares começa a tossir, para ganhar tempo.
 - Eu vi logo, César. Isto não basta ser. É preciso parecer. A tua mulher, César, distingue-se das outras.
 - A sério?
 - A sério. É bonita, mas tem uma classe que as outras gajas não têm.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cumprir objetivos

por Miguel Bastos, em 11.06.21

rede.jpg

Um estudo, apresentado esta semana, indica que o teletrabalho mudou o paradigma do mundo laboral. Mais importante do que cumprir um horário, é cumprir objetivos. Ontem, por exemplo, tinha um objetivo traçado e cumpri-o, na íntegra: não fiz nadinha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Trabalho

por Miguel Bastos, em 01.05.21

lionel richie.jpg

Dia do Empreendedor. Um dia para valorizar o trabalho. Vejamos um caso concreto: trabalha muito, o Lionel - mas é Richie.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mata-bicho

por Miguel Bastos, em 08.04.21

IMG_2768.JPG

Taça de plástico. Serve para levar a merenda para o trabalho. Antes, achava-a muito jeitosa. Mas, agora, gosto menos. Faz-me lembrar o bicho manhoso. Passou do mata-bicho ao bicho que mata.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O fim do mundo em cuecas?

por Miguel Bastos, em 23.01.18

[Nuno Fox / LUSA]

cuecas.jpg

É o fim do mundo em cuecas? Talvez não. Mas alguém deixou estas trabalhadoras de tanga. Coisa feia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Prazer no trabalho

por Miguel Bastos, em 02.06.15

churchil v.jpg

Há um diálogo perturbador quase no final do filme Seven, de David Fincher. O jovem polícia (Brad Pitt) não consegue entender a crueldade do assassino (Kevin Spacey). Este responde que só cumpriu o seu trabalho. Quando o polícia lembra a violência do “seu trabalho”, o assassino lembra-lhe que ele, enquanto polícia, também faz uso da violência. O polícia responde que o criminoso tem um prazer sádico nas suas execuções. Este responde que não há nada de errado em retirar prazer do trabalho. Isso só o ajuda a ser melhor naquilo que faz. Obviamente, o assassino é um manipulador. Mas o seu discurso (quase) parece fazer sentido.

 

Lembrei-me deste diálogo, ao chegar ao fim das Memórias da Segunda Guerra Mundial, de Winston Churchill. O homem tinha muito gosto naquilo que fazia. E, provavelmente, isso foi uma das condições que o fez declarar e ganhar a guerra a Adolf Hitler e o regime nazi. Já sabia da força e determinação de Churchill. Mas surpreendeu-me a forma como, ao longo do livro, vai adjectivando a guerra, e o prazer que revela no seu trabalho. Porque a guerra não é um trabalho qualquer.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Dezembro 2021

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D