Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Não me morras Morricone!

por Miguel Bastos, em 31.01.16

morricone.jpg

Vi o seu nome e a sua fotografia no Sapo: “Ennio Morricone…”. Pensei de imediato: “Não me digam que ele…” e continuei a ler apressadamente “Ennio Morricone vai receber o seu Globo de Ouro em Roma”. “Ufa!”, suspirei de alívio. Morricone é velhinho: tem de 87 anos. Há gente que dura mais. Mas, muita gente dura menos.

 

Ennio Morricone compôs algumas das minhas bandas sonoras favoritas. A sua música é foi parceira e protagonista dos filmes de Sergio Leone. Mas também de filmes como A missão, Cinema Paradiso ou Malèna. Algumas destas composições receberam a voz da nossa Dulce Pontes, num disco a meias que, mesmo sendo desigual, devia ter recebido outra atenção e estima em Portugal. Em 2009, Morricone trabalhou com Quentin Tarantino. O compositor achou que o realizador não respeitou a sua música e jurou para nunca mais. Felizmente, os dois voltaram a entender-se e o trabalho conjunto no filme "Os Oito Odiados”, que estreia esta semana em Portugal, foi premiado.

 

Diz-se que os génios nunca morrem. Mas, mesmo assim, gosto mais deles vivos. Por isso, não me morras Morricone!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Caçar com SAPO

por Miguel Bastos, em 20.05.15

“Quem não tem cão, caça com gato”. Assim diz o ditado. Mas, eu também não tenho gato. Tenho o SAPO.

sapo5.jpg

Também não tenho Facebook, mailing list, ou outra forma de o promover. Tive a ideia de começar a escrever um blog, pelo gosto de escrever. Para manter os dedos ágeis e a cabeça a funcionar. Não promovo, nem comento com amigos, o que ando a escrever. Lançar-me assim, no meio da multidão, é correr o risco de passar invisível. Não tinha a noção de que se escreve tanto. Escrevo um post e, ao mesmo tempo, vejo mais meia dúzia deles publicados. Há muita gente a escrever.

 

Eu também escrevo. Escrevo apenas. E tenho o SAPO.

Captura de ecrã 2015-05-20, às 12.55.47.pngEm pouco mais de 20 posts, esta é a terceira vez que me destacam. Obrigado ao SAPO. E obrigado a todos, por lerem e comentarem.

 

Um abraço,

 

Miguel

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogs é para a minha avó!

por Miguel Bastos, em 19.03.15

… dizia uma rapariga perante o microfone de uma jornalista, igualmente jovem.

 

“A sério?”, perguntei-me.

 

Tinha feito, há pouco tempo, um programa no extinto Rádio Clube Português, sobre a blogosfera. Era uma coisa nova. Ou, pelo menos parecia ser. Poucos meses depois, tinha uma teenager na televisão, à minha frente, a falar dos blogs da avó. Dos blogs, leram bem. Não foi dos bolos.

 

Nessa altura, o Facebook começava a ficar popular. O Twitter já existia, mas era nerd; o LinkedIn também, mas era coisa para jovens empreendedores; os blogs já eram (tinha acabado de saber) para avós.

 

Pois bem, alguns anos depois chego à blogosfera, este lar de terceira idade. Ao segundo Post tenho até um destaque no Sapo, o que é simpático.

 

Captura de ecrã 2015-03-19, às 13.56.32.png

 

 

Captura de ecrã 2015-03-19, às 13.09.14.png

 

Se não fossem o colesterol, os diabetes, a tensão alta, o ácido úrico e a medicação, festejava com espumante. A minha avó, se fosse viva, ficaria contente. (Com o espumante, claro está. Com o resto, era capaz de não perceber muito bem.)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2019

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D