Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Samba, na corda bamba

por Miguel Bastos, em 10.04.15

samba.jpg

 

“Samba, como na dança”, diz a certa altura o personagem principal, a sorrir. Samba não tem muitos motivos para sorrir. É um emigrantes senegalês, há mais de 10 anos em França, ilegal. Não tem contrato de trabalho, porque não tem residência fixa. Não tem residência fixa, porque não tem contrato de trabalho. O absurdo de milhares de  emigrantes na Europa.

 

O filme é sobre a vida de Samba, dos que vivem como ele, dos que o tentam ajudar, dos que exploram o seu trabalho, e dos que o tentam apanhar. Todos vivendo e agindo, segundo regras absurdas.

 

O filme fala de tragédias, mas tem um tom ligeiro. Leio críticas que desaprovam o seu tom de comédia romântica. Não é alternativo que chegue? Pelos vistos, não. Mas não tem explosões, pistolas, perseguições de carro. Nem mulheres fatais, heróis e vilões. Uma raridade no cinema.

 

Este é um filme com uma história, com actores, com pessoas. Tem um tom ligeiro que me fez sorrir e rir, com gosto.

 

"Samba" dança na corda bamba, como a canção dos Clã. E não cai.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Julho 2019

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D