Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A esquerda

por Miguel Bastos, em 29.01.24

esquerda.jpg 

Escrever a esquerda, por linhas direitas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Países que ninguém conhece

por Miguel Bastos, em 16.01.24

trump.jpg 

Esta manhã, acordei com as palavras de Donald Trump: "este é o momento do nosso país se unir, sejam republicanos ou democratas". "Muito bem", pensei. Mas, logo a seguir, Trump classificou Joe Biden (democrata) como "o pior presidente de sempre" e retomou o habitual discurso anti-imigração: "o nosso país está a ser invadido por terroristas que vêm de prisões, de países que ninguém conhece".

Os líderes populistas têm esta capacidade, rara, de unir as pessoas.

Mesmo quando vêm de países que ninguém conhece. Os Trump vêm do Reino da Baviera (depois integrado no Império Alemão, atual Alemanha ou, por extenso, República Federal da Alemanha).

Mesmo quando casam com mulheres de países que ninguém conhece. A primeira mulher, Ivana Zelníčková, veio da Morávia (antiga Checoslováquia, depois República Checa, atual Chéquia). A terceira mulher, Melania Knauss, veio da Eslovénia (antiga Federação Jugoslávia, que juntava a Eslovénia com a Croácia, a Bósnia-Herzegovina, a Macedónia do Norte, a Sérvia e o Montenegro).

Ainda aí estão? É que isto dos "países que ninguém conhece" dá uma trabalheira!

Mesmo quando, eles próprios, lidam com acusações criminais, na justiça... americana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nouvelle Vague?

por Miguel Bastos, em 21.11.23

milei.jpg 

A Argentina tem um novo Presidente. Javier Milei tem um ar de "Nouvelle Vague" francesa, mas é da velha guarda sul-americana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Acidente de rádio

por Miguel Bastos, em 16.11.23

onda curta.jpg 

Depois de um chorrilho de insultos, ainda ouvi as palavras "traidores" e "corruptos", já em "fade", com a voz do moderador (será que moderou?) a sobrepor-se, para anunciar o fim do debate. Fique aliviado por ter chegado no fim. Mas, eis que, depois de um "jingle" de estação e um bloco publicitário, anuncia-se um espaço de opinião. Entra uma batida "hip-hop" e uma voz coloquial pergunta "o que é que nos trazes hoje?" e o "opinador" começa a desenrolar um discurso contra o oportunismo, o socialismo, o chavismo, e volto a ouvir as palavras "traição" e "corrupção" e um locutor / jornalista a anunciar que "vale a pena ouvir as pessoas na rua" e ouvem-se palavras de ordem (ou serão de desordem?) e regressa a conversa informal com o "opinador" que traz mais acusações ao som de batidas "hip-hop". E, depois, novos "jingles", e "spots" e, agora, "a história de uma mulher que foi morta, assassinada, à porta de casa". E segue-se uma descrição pormenorizada, com um "jornalista criminal" ao telefone: a senhora teria mais de 60 anos e uma relação sentimental com o assassino, e estaria a recuperar de uma operação, e o agressor encostou-lhe uma arma na nuca, e ele descreve a arma do agressor, e o local onde a bala terá entrado, e como o sangue escorreu sobre os corpos dos dois. "Que horror!", exclama o locutor / jornalista. E a rádio, dinâmica, passa para outros sons das manifestações, intercaladas com vozes que me parecem ser de políticos (em assembleia, em entrevistas, em comícios), e palavras de ordem ("crime", "justiça", "corrupção", "política") - desta vez na voz colocada de um locutor. E, depois, entra mais um "opinador" que resolveu falar diretamente para mim "Escuta, se tu queres...". Mas eu - esperto - desliguei-lhe o rádio na cara.
 
Chego a casa, depois de uma passagem, não programada, pela Onda Curta - há muito abandonada em Portugal. E, ainda, não estou em mim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quem se lixa...

por Miguel Bastos, em 13.11.23

cameron.JPG 

É sempre assim. Quem se lixa é o Mexilhon. Nunca é o Cameron.

Felizmente, é no Reino Unido. Por cá, está tudo calmo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anarquia! Anarquia!

por Miguel Bastos, em 08.11.23

COSTA DEMISSÃO.jpg 

- É verdade que o primeiro-ministro se demitiu, pai?
- É.
- Uau, já não temos chefe. Anarquia! Anarquia!
- Qual anarquia?! Para já, continua tudo igual.
- Com aulas e tudo?
- Claro! Não é feriado, nem passámos a ser uma anarquia.
- Estás a ouvir, mano? Eu tinha-te dito...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pipi

por Miguel Bastos, em 11.10.23

O líder do PSD disse que o Orçamento do Estado é muito "pipi", muito "betinho", e toda a gente aplaudiu. Eu ainda comecei a aplaudir, mas, depois, reparei que estava de blazer e calças beges. E contive-me

Autoria e outros dados (tags, etc)

11 de Setembro

por Miguel Bastos, em 11.09.23

allende.jpg 

"Por uma arrepiante coincidência", sublinha Isabel Allende, "os aviões sequestrados nos Estados Unidos despedaçaram-se contra os seus objectivos numa terça-feira, 11 de Setembro, exatamente o mesmo dia da semana e do mês - e quase à mesma hora da manhã - em que ocorreu o golpe militar do Chile, em 1973. Este último foi um acto terrorista orquestrado pela CIA contra uma democracia. As imagens dos edifícios a arder, do fumo, as chamas e o pânico, são semelhantes em ambos os cenários."

 
Isabel Allende escreveu estas palavras, há 20 anos.
Augusto Pinochet fez um golpe de Estado, há 50 anos.
A democracia continua em perigo, todos os dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A taxa

por Miguel Bastos, em 28.06.23

arreganhar.jpg 

"E então", contou-me a minha amiga, "fomos para um hotel. Para uma daquelas coisas de cultura de empresa e liderança e espírito de equipa. Mas com aqueles termos em inglês, estás a ver?" Digo que sim, com a cabeça. "E diz-me a minha chefe: 'Tem alguma sugestão, para baixarmos os custos da empresa?' 'Tenho', disse-lhe eu, 'Que tal deixarmos de fazer estes encontros em hotéis de luxo?'. E ela 'Ai, ai, você é um ponto!'"
Arreganhei a taxa. Juro que não sei, porque é que me lembrei desta história. Juro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Energia

por Miguel Bastos, em 29.05.23

energia.jpg

- Hoje é Dia Mundial da Energia.
- Ai é?
- É. Temos que voltar a falar do tema. Nomeadamente, da crise energética.
- Achas?!
- Acho. Nos últimos tempos, com outras crises, deixou de ser assunto. Mas é um tema fundamental.
- Certo.
- Tens alguma sugestão, quanto ao tipo de abordagem?
- Tenho: "Quem é que ligou à crise energética?"; "A que horas ligou?"; "Informou a chefe de gabinete?".

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Março 2024

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D