Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Descobrir a careca

por Miguel Bastos, em 08.01.16

sofia careca2.png

Não sei bem quem é Sofia Ribeiro. Sei que é atriz. Sei que é conhecida das novelas. Sei que tem cancro, porque a própria decidiu comunicar, publicamente, a sua sua doença. E sei que, agora, partilhou a sua careca no Facebook. Vi a sua imagem. É uma mulher linda. Claro que já era linda, antes do cancro.

 

Fiquei a pensar na subjetividade da beleza. Noutro contexto, centrar a atenção na sua beleza poderia ser despropositado ou, mesmo, ofensivo. Imaginemos que Sofia era candidata a um cargo político ou convidada para a administração de uma empresa, ou concorrente a um prémio científico ou literário. Realçar a sua beleza poderia ser visto como uma forma de menorizar a sua experiência, o seu conhecimento, a sua inteligência. Por outro lado, à beleza física das modelos, das misses ou das actrizes, tem-se procurado adicionar outros recursos e atributos, como, por exemplo, a inteligência.

 

Mas, quando se tem uma doença (grave, como é o caso) ser bela, permanecer bela é muito importante. Para manter a sua dignidade e a sua auto-estima, mas também para atribuir dignidade a qualquer ser humano, face a uma doença como o cancro. O cabelo é só um pormenor. E foi isso que Sofia Ribeiro quis realçar...

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2019

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D