Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Milošević

por Miguel Bastos, em 03.12.20

Ljubomir Stanisic é um cozinheiro que enriqueceu a cozinhar, para ricos; e a fazer televisão, para pobres. Há uma semana, resolver estacionar à porta da Assembleia da República para fazer uma greve de fome e insultar os representantes da República, com a cobertura dos media, que adoram pessoas "fora da caixa". Hoje, depois de ter sido atendido pelo SNS (que, coitados, andam com pouco que fazer) resolveu comparar o primeiro-ministro português a Milošević. Algumas pessoas acharão graça à comparação com o ex-presidente sérvio, esquecendo, talvez, que este foi preso pelo Tribunal Penal Internacional, sob a acusação de crimes contra a humanidade e crimes de guerra. Esta manhã, disse à imprensa que "há 17 anos, passámos 21 dias de fome e derrubámos o filho da p***". Não disse que está em Portugal, há 23 anos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A greve do “tem que ser já”

por Miguel Bastos, em 29.01.16

greve do agora.jpg

Há qualquer coisa de inexplicável, nesta greve da função pública. O governo anunciou que ia repor o horário de trabalho semanal de 35 horas.Os sindicatos anunciaram greve. Porque estão contra as 35 horas? Não. Porque estão solidários com o setor privado, que trabalha 40? Também não. Apenas, porque o governo pretende implementar a medida no próximo semestre . Os sindicatos exigem que seja já: hoje, agora, de preferência ontem.

 

Não está em causa se a medida é justa ou não (se bem que gostava de a ver discutida, com seriedade). Pelos vistos, governo e sindicatos acham que sim. É uma questão de tempo. E de modo. Pensei num exemplo prático. Imaginem que um pai tinha retirado a motorizada ao filho. Porque tinha tirado más notas, ou porque, simplesmente, não havia dinheiro. No momento em que o pai anuncia que vai buscar a motorizada, que está guardada numa garagem, o filho anuncia uma greve. “Mas já não queres a mota?”, pergunta o pai. “Quero”, responde o filho, “mas tem que ser já”. “Mas, se não for já, deixas de querer?”. “Continuo a querer”, responde o filho. “Então, qual é o problema?”, pergunta o pai. “O problema é que tem que ser já”.

 

Talvez o exemplo não seja o melhor. Talvez ande a pé. Como eu.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Novembro 2021

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D