Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Testes rápidos

por Miguel Bastos, em 09.07.21
- Oi Bia!

- Oi Kika!

- Bora lá à farmácia fazer um teste rápido

- Quando?

- Agora. Podes?

- Nope. Vou sair com a minha mãe

- Fazer?

- Compras

- Roupa?

- Não, papel higiénico e assim

- A sério?! Isso é tãaaao 2020!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ondas e marés

por Miguel Bastos, em 06.07.21

marta.jpg

Covid-19. Portugal pode chegar aos 4 mil casos diários de infeção, em, apenas, 15 dias. Tem-se falado muito em "ondas", talvez se devesse falar mais em marés. Estivemos em maré vazia. Estamos a entrar na maré cheia. Ou, mesmo, em maré de azar. [Foto: Julien Warnand/EPA]

https://tvi24.iol.pt/politica/ministra-da-saude/marta-temido

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sempre a apreender

por Miguel Bastos, em 05.07.21

O meu primo tem um carro igual ao do senhor ministro. Perguntei-lhe se o tinha comprado, ou se... Reagiu mal e começou a insultar-me. Tive que lhe pedir desculpa e tudo! Mas, acho que apreendi a lição. Sim, apreendi.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Variante Delta

por Miguel Bastos, em 24.06.21

alfabeto-grego.jpg

"Esta variante Delta", disse o especialista, "é mais contagiosa, que as anteriores. Mas é preciso perceber que 'delta' é, apenas, a 4.ª letra do alfabeto". O alfabeto grego tem um comprimento parecido com o nosso: 24 letras. A Covid é, portanto, uma mistura de epopeia grega e novela à portuguesa. No episódio de hoje, o governo vai decidir se paramos ou andamos para trás.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Inspira... Expira...

por Miguel Bastos, em 17.06.21

É preciso ter calma. Muita calma. Queremos tudo e tudo para já. Primeiro, era necessário reabrir cafés, restaurantes, mercados, centros comerciais ou teatros. Mas, logo a seguir, já não chegava. Porque, ainda, havia limitações de capacidade e horários. Era preciso encher mais e alargar os horários, depressa. Bem, a Câmara de Lisboa acaba de alargar os horários: dos centros de vacinação. Tudo o resto, decidido em Conselho de Ministros, vai em sentido contrário:
- Ninguém entra e ninguém sai da Área Metropolitana de Lisboa, durante este fim-de-semana
- Dez concelhos não avançam no desconfinamento
- Vinte concelhos estão em alerta
- A próxima fase de desconfinamento, no país, não deverá avançar
Inspira... Expira... Inspira...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Parece que é surdo!

por Miguel Bastos, em 14.06.21

marcelo desconfina.jpg

"Comigo não vai haver" recuo no desconfinamento, afirmou, ontem, o Presidente da República, de forma perentória.
Lisboa pode recuar no desconfinamento, admitiu, esta manhã, o secretário de Estado Duarte Cordeiro, que coordena a resposta à COVID-19, na região de Lisboa.
Em que é que ficamos? Ficamos na incerteza. Pior, ficamos nas mãos de um vírus: que é um insurreto, um marginal, um mal-agradecido. É que não ouve ninguém. Nem o Presidente. Parece que é surdo! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Britgreen

por Miguel Bastos, em 08.06.21

methuen cortado.png

O governo português fez voz grossa e os espanhóis fizeram marcha-atrás: já não vão exigir um teste negativo ou um comprovativo de vacinação, a quem cruzar a fronteira terrestre. A tremer, estão já os ingleses, com o Britgreen - processo que obriga a recolocar Portugal na lista verde. "In between", ainda revemos o tratado de Methuen.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Obedece quem deve

por Miguel Bastos, em 04.06.21

gove.jpg

A notícia é inquietante. O ministro Michael Gove veio ver a bola a Portugal e, entretanto, descobriu que esteve em contacto com uma pessoa infetada. A história é revelada, pela imprensa britânica, um dia depois de ser conhecida a decisão do Reino Unido retirar Portugal da lista "verde" de destinos turísticos seguros. Portanto, Portugal é o país  onde obedece quem deve e manda quem Gove.

https://www.dn.pt/internacional/ministro-britanico-em-contacto-com-infetado-durante-viagem-a-portugal--13802794.html

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sem papel

por Miguel Bastos, em 21.05.21

mais telefones na escola.jpg

O governo quer acabar com os exames e as provas em papel. Uma boa medida para estimular a utilização das ferramentas digitais. Já não era sem tempo. Com tantos telefones, tablets e computadores, os miúdos passam o tempo agarrados a livros e cadernos! Se eu os apanhar, um dia destes, a escrever poemas num caderninho, ou a ler um romance numa paragem de autocarro, vou-lhes dizer das boas: "Olha lá, meu menino, é assim que tu achas que vais passar nos exames, é?!"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Macho latino

por Miguel Bastos, em 28.04.21

casal da treta.jpg

Vamos ao estereótipo: camisa aberta, bigode, brilhantina e palito na boca. De piropo fácil e trocadilho picante, é um fala barato que canta de galo. O macho latino (dizem que, outrora, apreciado) passou de moda. Será? Despido do estereótipo visual, há um modo de ser e de estar que parece longe de estar extinto. Aquele "agarrem-me, senão eu mato-o", o "havia de ser comigo", a certeza de que "eu fazia isto e aquilo" - que só são ditos, porque sabe que nunca será com ele. Além de espalhar charme, o macho latino mostra-se valente e decidido. Mas é só um "gabarolas", um "pintarolas", quando não um "cobardolas".

Na versão moderna, em vez de dizer que fazia assim ou assado, passou a achar. Acha que o governo devia fazer assim e que a oposição devia fazer assado. Acha que os médicos assim e que os empresários assado. Que os professores isto e que os autarcas aquilo. Acha que este é um incompetente, aquele é burro, o outro tem cunha, aquilo é corrupção. E acha que se deve demitir, despedir, prender. E acha isto tudo sem saber ler nem escrever, nem estudar, nem fazer. No fundo, o macho latino deu lugar ao (como é que lhe hei de chamar?)... ao "acho latino". Parece-me um bom nome: acho latino. Acho eu...

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Setembro 2021

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D