Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A morte do agente da PSP

por Miguel Bastos, em 21.03.22

Morreu o agente da PSP que foi agredido, à porta de uma discoteca, em Lisboa. Para contextualizar: este fim de semana, houve confrontos violentos à porta de uma discoteca. Quatro polícias tentaram a acalmar a situação, mas, apesar de se terem identificados como polícias, acabaram, também, por ser agredidos e levados para o hospital. De seguida, soubemos que há dois fuzileiros suspeitos de fazerem parte do grupo de agressores. Poderemos ter um caso, grave, de militares (altamente especializados) a agredir polícias. O que levanta inúmeras questões. Entretanto, um dos polícias acabou por morrer. Se fosse um polícia a agredir um cidadão comum, ou se fosse um cidadão comum a agredir um polícia, era relativamente fácil antever a reação de certos partidos políticos ou organizações. Assim, é mais difícil. O que me leva à convicção de que é mais fácil defender barricadas e trincheiras do que pessoas, seres humanos, cidadãos. E, sim, também estou a pensar na Ucrânia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bar aberto

por Miguel Bastos, em 14.01.22

festa.jpg

Os bares e as discotecas vão reabrir. As "reuniões de trabalho" (é uma daquelas designações estrangeiras da moda) voltam a ser legais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dona Madalena

por Miguel Bastos, em 17.11.21

mascaras rua.jpg

A culpa é da Dona Madalena. Com os números da COVID a subir, já se defende (e bem!) o regresso ao uso de máscara na rua.
 
Este fim de semana, estou a contar ir à bola com uns amigos. Ao todo, seremos uns 20 mil. Claro que nem todos são amigos. Alguns são inimigos. Se tudo correr bem, iremos comemorar com uma bacalhoada, regada a bom tinto. Se correr mal, comemos uma bifana e seguimos para um desses bares da moda, com gin e especiarias com nomes esquisitos. Independentemente dos cenários, temos planos para seguirmos para uma pista de dança, rodeados de miúdas giras.
 
Estou preocupado com a Dona Madalena. Tem o estranho hábito de sair à rua: depois de arrumar a cozinha, antes da novela. Vai passear o bolinhas, muitas vezes sem máscara. A prevaricar, pela calada da noite, Dona Madalena! Depois admiram-se que isto fique cada vez pior!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Face Oculta

por Miguel Bastos, em 20.10.21

Era uma "boîte" muito jeitosa, lá para os lados da minha aldeia (contaram-me, nunca lá fui). Depois fechou. Um processo judicial deu mau nome à casa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Discoteca

por Miguel Bastos, em 19.07.21

Lá, do alto da sua torre de isolamento profilático no "countryside", o primeiro-ministro britânico dirigiu-se aos súbditos de sua majestade: primeiro, pediu-lhes juízo; depois, mandou abrir as discotecas. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2022

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D