Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fora da caixa

por Miguel Bastos, em 17.01.22

A pandemia está, permanentemente, a trocar-nos as voltas. Desde que regressei, fisicamente, à redação da rádio, tenho passado por vários programas e horários. Desde aquele em que saio "fora da caixa", às sete da manhã; até àquele em que saio "da minha zona de conforto" às 3 e meia da manhã, para termos notícias "no ar" às sete. Tenho assumido tantos desafios, que até já pensei em apresentar-me como "empreendedor".  

Autoria e outros dados (tags, etc)

É só conversa

por Miguel Bastos, em 12.01.22

antena aberta.jpg

"Falam, falam, falam"; "Prometem isto e aquilo"; "É só conversa".
"A democracia é sobretudo conversa", responde Adelino Maltez, "conversa pluralista".
O Professor Jubilado de Ciência Política tem acompanhado, "com muito entusiamo", os debates na televisão: "têm sido uma festa da democracia. Faz-me lembrar os primeiros tempos da democracia pluralista". E, depois, fala numa espécie de "Taça de Portugal" da democracia, em que os pequenos partidos jogam com os grandes, de igual para igual.
Conversemos, então.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Património Douro

por Miguel Bastos, em 14.12.21

douro.jpg

20 anos de um Património que é Mundial. Celebrar o Douro, na medida certa. Peso da Régua.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O amor e o gajo

por Miguel Bastos, em 28.11.21

amor e.jpg

"Eu tenho passado bem", diz o sr. padre, "o gajo não me apanhou". O "gajo" é o vírus. O sr. padre é o teólogo e filósofo Anselmo Borges. "Eu, também, me tenho desviado, tenho-me portado bem". Neste mundo, em que já se viu de tudo, há sempre coisas novas para ouvir. E é, por isso, que eu continuo a gostar tanto da rádio. "O amor é", esta manhã, com a "Inesita" (Anselmo Borges, dixit) e o "Professor Júlio Machado Vaz".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Casa grande

por Miguel Bastos, em 02.11.21

rtp.jpg

Vivo numa casa grande. É grande, sem ser apalaçada. Felizmente. Viver numa casa grande faz com que, por vezes, vivamos, durante uns tempos, numa das alas sem vermos as pessoas das outras. Ligamos, escrevemos, mas não nos encontramos presencialmente. Hoje, regresso ao Portugal em Direto, na Antena1 - uma área desta casa grande, que já não frequentava desde Março de 2020, numa altura em que a pandemia já estava infiltrada nos alinhamentos. Não é bem um regresso a casa, porque nunca saí dela, apenas mudei de uma ala para outra. Mas tem sabor a casa e a comida caseira. Serve-se à hora de almoço.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Horário nobre

por Miguel Bastos, em 12.10.21

manhã1.jpg

"Não há dúvida, que a manhã continua a ser o horário nobre da rádio", dizia-me ele, "É lá que tens os melhores locutores, os melhores editores, os melhores repórteres, os melhores cronistas, as melhores rubricas". E continuava, "É evidente que é durante a manhã que as pessoas ouvem mais, e que o nosso trabalho tem mais visibilidade." "Ouve, é o período mais dinâmico, mais interessante". "Volto a dizer" (e dizia, com a mão direita a cortar o ar) "a manhã é o melhor horário da rádio." Coloca uma pausa dramática e deixa antever um sorriso: "É pena não ser de tarde."

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rádio

por Miguel Bastos, em 04.10.21

antena mais cortada.jpg

A dada altura, deixei de reconhecer um estúdio de rádio. Primeiro, a digitalização levou as cassetes e os leitores de cassetes; depois, os discos e os gira-discos; de seguida, os CD e os leitores de CD e, finalmente, o papel. Alguns estúdios são tão asséticos, que mais parecem laboratórios ou salas de operação. O estúdio, que me acompanhou nos últimos meses, tem as maquinetas necessárias, meia dúzia de discos, mas, sobretudo, tem papel impresso. O papel é muito útil. Ajuda os ouvidos de quem ouve (melhora a acústica) e aquece o coração de quem fala (o meu, está visto). Agora, chega a hora de me despedir deste estúdio e regressar a um estúdio mais convencional. Desses, a fugir para o moderno.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adeus, Jorge Sampaio

por Miguel Bastos, em 10.09.21

sampaio.jpg

"Gosto e reivindico a capacidade de me comover". Jorge Sampaio rejeitava, assim, a imagem que lhe colocavam do político palavroso, intelectual, frio e distante. A culpa, dizia o próprio, era da cor do cabelo, que não disfarçava a ascendência britânica. Jorge Sampaio teria características dessa herança familiar: metódico, polido, educado, disciplinado, assertivo. Mas era também latino: afetuoso, sentimental, empático, solidário. Esta manhã, na Antena 1, uma antiga assessora referia que o (então) Presidente da República avisava sempre: não lhe pedissem para ser algo que ele não era; nem para dizer coisas que ele não sentia, nem concordava. O que, em política, não costuma dar bons resultados: nem eleitorais, nem de popularidade. Quando José Sócrates chegou à liderança do PS, Mário Soares chamou-lhe o "anti-Guterres". Jorge Sampaio terá sido o "anti-Soares". Não tinha as características que todos os políticos "têm" de ter: porque não queria ter, nem fingir que as tinha. Colocou-se, como era, à disposição do escrutínio e do sufrágio públicos. Prontificou-se a perder - se fosse necessário. Por vezes, perdeu. E, desse modo, a democracia ganhou sempre. Adeus.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Sr. Rádio

por Miguel Bastos, em 30.08.21

macedo.jpg

Coisa rara: a rádio, nas páginas do jornal. O sr. Macedo, no Público, a falar da rádio - do direto e das diretas. Foi a ouvir rádio (Manuel Alegre, na Rádio Portugal Livre), que o jovem António descobriu a política. Antes, também a ouvir rádio, já tinha decidido o que queria ser quando fosse grande. O que foi (e é): um grande homem da rádio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Jornalistas, alfarrabistas

por Miguel Bastos, em 26.07.21

rosendo.jpg

... e, depois, temos jornalistas que não se vendem. Outros vendem-se, felizmente: como o José Manuel Rosendo, por exemplo. Desculpa, camarada, comprei-te. Estavas barato no alfarrabista.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Janeiro 2022

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D