Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Centeno

por Miguel Bastos, em 09.07.20

centeno.jpg

Hoje é o último dia de Mário Centeno, à frente do Eurogrupo. Ainda não se sabe qual vai ser o seu futuro político. Se eu fosse Centeno (e parece que todos já foram Centeno, menos eu) acho que me candidatava a ministro das finanças, ou assim. Mas ele é que sabe. Aliás, cada um sabe de si...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Outsourcing

por Miguel Bastos, em 01.06.20

António Costa escolheu um gestor independente para traçar o plano de recuperação económica do governo. É o Estado a recorrer, uma vez mais, ao "outsourcing".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Inovação nacional

por Miguel Bastos, em 14.05.20

autoeuropa.jpg

A Autoeuropa é um centro de inovação nacional. É de lá que saem monovolumes espaçosos, suvs irreverentes e, agora, candidaturas presidenciais. Sob um teto alemão, Portugal reinventa-se. 

[Foto: José Sena Goulão / Lusa]

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fim da emergência

por Miguel Bastos, em 28.04.20

marcelo fim mergencia.jpg

O Presidente da República anunciou o fim do estado de emergência. E há muita gente preocupada. É compreensível. Quando a esmola é grande, o povo desconfina. [Foto: Manuel de Almeida/Lusa]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um mundo melhor

por Miguel Bastos, em 14.04.20

Captura de ecrã 2020-04-14, às 11.25.10.png

“Temos de preparar-nos para o pior, desejando que aconteça o melhor”, avisou o primeiro-ministro, no início da epidemia. O "optimista irritante" recorreu à antítese: uma figura de estilo que ilustra bem estes tempos - que são de luta, mas (também) de esperança. E ter esperança não é conversa dos livros de auto-ajuda. É (mesmo!) uma questão de sobrevivência. Por estes dias, o jornalista Tiago Alves tem trabalhado com a antítese: relatando, vivamente, a vida dentro da cerca sanitária de Ovar; contando, com sobriedade, histórias que nos fazem ter esperança nos seres humanos, ameaçados por um vírus com um nome ridículo, que lembra a pior ficção científica.

Hoje, no programa "Um mundo melhor", em parceria com Ana Rita Ramos, o Tiago conta a história de um casal de refugiados sírios, donos de um restaurante em Lisboa, que está a servir refeições gratuitas, aos profissionais de saúde. Foi a forma, que o casal encontrou, de retribuir a ajuda que recebeu ao chegar a Portugal. É uma história com um final feliz? Não, é uma história em que o "melhor" vem de quem passou pelo "pior". Mas a história está longe de ter chegado ao fim...

Pode ouvir clicando na imagem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Discutir programas

por Miguel Bastos, em 30.10.19

costa governo.jpg

Dois dias para debater o programa do governo não é demais. Afinal, este é o país onde se discutiu, semanas a fio, o programa da Cristina. Já agora, reparem que alguns dos protagonistas são comuns. [Foto: Tiago Petinga - Lusa]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Governo grande

por Miguel Bastos, em 26.10.19

E pronto, este pequeno país já tem um governo grande.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Novo governo

por Miguel Bastos, em 15.10.19

Estive a ver a composição do novo governo. Até vi duas vezes. É que, à primeira vista, parecia igual. À segunda, também.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Arte contemporânea

por Miguel Bastos, em 24.09.18

serralves mapplethorpe.jpg

"Não sabia que os senhores jornalistas se interessavam tanto por arte contemporânea!", disse o primeiro-ministro, com um sorriso irónico. António Costa sabe que os jornalistas não se interessam por arte contemporânea. Nem os políticos. Nem o grande público. As instituições convidam os políticos para a inauguração de exposições, na esperança de atrairem a atenção dos media e, consequentemente, do público. Os jornalistas estavam lá por causa de António Costa e ele sabia isso.

 

Por este dias, discute-se Robert Mapplethorpe. Isto porque o diretor do Museu de Serralves achou que o acesso às imagens sexualmente explícitas não devia ter limites. Já a administração achou que essas imagens deviam ser colocadas em salas de acesso limitado. Como, recentemente, aconteceu com a exposição de Jeff Koons. O verniz estalou, o diretor demitiu-se. E muita gente ficou surpreendida, porque achava que a exibição de bondage e sadomasoquismo seria sempre consensual, até no canal Panda. 

 

Hoje, o jornal Público sugere que a questão resulta de um mal-estar interno em Serralves: de divergências entre a administração e a direção e os trabalhadores. E, a ser assim, tudo volta ao normal: os políticos e os jornalistas voltam a interessar-se por arte contemporânea. Mas, apenas, porque envolve política e poder. O público em geral, sabendo que há sexo envolvido, também se interessa. E muito.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Julho 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D