Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Intensivos

por Miguel Bastos, em 04.02.21

intensivos.jpg

A jornalista Rita Colaço avisou-nos que a reportagem tinha sons que podiam impressionar (e impressionam, de facto). Mas, o meu maior receio não eram os sons. Era a respiração. A minha. Tinha medo de não conseguir respirar, porque sei bem o que isso é. E a minha respiração alterou-se, de imediato, com uma das primeiras palavras que ouvi na reportagem: "propofol". Cheguei, em desespero, a pedir propofol numa unidade de cuidados intensivos. Conheço o som dos ventiladores, invasivos e não invasivos, e das várias máquinas. Reconheço as vozes dos profissionais de saúde: o cansaço, a esperança, o profissionalismo, a humanidade. Está tudo nesta reportagem. Ao longo da reportagem, a minha respiração foi, no entanto, regressando ao normal. A Rita tem a capacidade de nos mostrar a realidade, com sobriedade, sem a exacerbar. Mas a abordagem é intensa. É intensiva.

Para ouvir, pode clicar na imagem ou aqui:

https://www.rtp.pt/noticias/pais/grande-reportagem-antena1-intensivos_a1294513

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Imagem de perfil
Obrigada pela partilha. A reportagem é extraordinária.
Imagem de perfil

Miguel Bastos a 04.02.2021

Ainda bem que gosto. É extraordinária, mas, reconheço que  não é nada fácil de ouvir.
Obrigado. Volte sempre que lhe apetecer.
Sem imagem de perfil

s o s a 04.02.2021

quanto á emoçao, acontece. A um e mais outros. 


Sou ouvinte dessa rádio, ainda ouvi a cena a alertarem para a suscetibilidade da coisa, mas estava a trabalhar e nao liguei.  Normalmente repetem mais tarde, mas nao tenho ideia de ter ouvido. 
Por outro lado, como estou cansado do terrorismo  nesta minha radio, provavelmente achei que seria mais um ataque. 
Imagem de perfil

correspondente a 05.02.2021


Muito interessante. Uma reportagem bem feita sem folclore. Oiço de manhã "os portugueses no mundo" da mesma jornalista e, gosto. A jornalista, que há muito deixou de se ouvir, Ana Aranha, também tinha reportagens com temas muito interessantes.
Quanto a esta reportagem, depois fiquei a pensar, tirando o facto, que não é de menor importância, o perigo que os próprios profissionais, médicos, enfermeiros e auxiliares, correm, ao tratar estes doentes, ali, nos cuidados intensivos, fora desta pandemia, os relatos do dia-a-dia, não devem andar muito longe disto também.
Imagem de perfil

Miguel Bastos a 05.02.2021

Viva! Ainda bem que gostou. Deixe-me só fazer um esclarecimento. A jornalista que faz os "Portugueses no mundo" chama-se Alice Vilaça. A jornalista que assina esta reportagem chama-se Rita Colaço. Mas não se preocupe porque, além de serem duas excelentes jornalistas, as duas são muito amigas. Obrigado e volte sempre.  
Imagem de perfil

correspondente a 06.02.2021

Pois é! Obrigado! Não percebo a troca! Nem os nomes são parecidos! Talvez o estilo "limpinho", sem foguetório, das reportagens de ambas!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Fevereiro 2021

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D