Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


António Costa, António Costa

por Miguel Bastos, em 26.10.15

costa.jpg

“Estás a ler o livro do António Costa? Ah, ah, ah!”. “Qual é problema?”, perguntei. “António Costa, António Costa!”, foi repetindo o meu filho, com um riso trocista. O meu filho fez-me lembrar uma menina que corria a chamar “Saramago”, quando via um velhinho na televisão. O ancião tinha, na altura, acabado de ser agraciado com um Nobel e aparecia muito na televisão. E a televisão, concluí, não mostra muitos velhinhos. De modo que, quando aparecia um, só podia ser o Saramago.

 

Ora, o meu filho sabe que eu gosto de livros e de política. Portanto, não devia achar estranho eu estar a ler um livro sobre o António Costa. De onde virá a sua surpresa? Por ser um político de agora? Por achar que ainda não é suficientemente importante? Será que ainda não merece um livro? Será que o meu filho não gosta do líder do PS?

 

Tentei perceber. Perguntei-lhe porquê. Mas ele encolheu os ombros e respondeu “sei lá”. Depois, voltou a perguntar: “Mas, porque é que estás a ler um livro do António Costa?”. Ainda tentei responder, mas ele foi repetindo “António Costa, António Costa!”.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D